Dúvidas Frequentes

1 – O marido leva a esposa todos os dias para o trabalho e no final do dia vai buscá-la. Nesta situação como será classificada a utilização do veículo no perfil?

Resposta: Somente para Lazer.

 

2 – Quais as condições para contratação do Perfil para pessoas jurídicas?

R: É necessário o carimbo da empresa com a assinatura do responsável, no questionário.

 

3 – Se  houver na apólice a cobertura adicional para Carro Reserva, o condutor indicado pelo segurado fará jus à utilização?

R: Sim, desde que atenda a todas as exigências da locadora.

 

4 – Quem podemos considerar como condutores do veículo?

R: Os usuários que utilizam o veículo 85% (oitenta e cinco por cento) do tempo de circulação da semana.

 

5 – E o condutor eventual?

R: É aquele que utiliza o veículo no máximo 1 (um) dia por semana, independentemente do tempo de uso.

IMPORTANTE : Havendo filhos ou enteados de qualquer um dos condutores, na faixa etária de 18 a 24 anos, deverá ser respondida a pergunta específica pertinente a este quesito.

 

6 – No questionário foi respondido que o veículo não é utilizado para ida e volta ao trabalho, colégio, faculdade e universidade, nem durante o exercício do trabalho, porém foi constatado que uma vez por semana é utilizado para ir e voltar ao trabalho. Tem cobertura?

R: Sim, é o mesmo critério da eventualidade para condutores.

 

7 – Existe a possibilidade de contratação de um seguro em nome da esposa, sendo o marido o condutor habitual?

R: Sim. Vale lembrar que o questionário de avaliação do risco deverá ser assinado pela Segurada, mesmo que ela não esteja relacionada como condutora.

 

8 – Em caso de Perfil, sabendo-se que 1 (um) dia por semana o veículo é utilizado por um condutor eventual, é exigida também garagem fechada no trabalho, escola ou residência?

R. Não, pois não são considerados hábitos de utilização e guarda dos condutores eventuais.

 

9 – O segurado não possui garagem fechada na sua residência, porém possui em outro local um estacionamento próximo, onde o seu veículo é guardado à noite, diariamente. Ele pode contratar o seguro Auto Perfil?

R: Sim. Pode contratar o Auto Perfil.

 

10 – Na situação onde o segurado guarda o veículo durante a noite em garagem fechada ou estacionamento, porém, durante o dia, mantém o veículo na porta da sua residência (almoço/buscar filhos no colégio, etc) terá cobertura?

R: Sim. O pré-requisito é que o veículo pernoite em garagem fechada na residência ou estacionamento.

 

11 – Devido ao rodízio de placas, o segurado utiliza o veículo uma única vez por semana para trabalhar e nos demais dias utiliza outro meio de transporte. Nesta situação a utilização é considerada como sendo “para ida e volta ao trabalho”?

R: Não, pois utilizar uma vez por semana em virtude do rodízio não ultrapassa o índice de utilização do veículo de até 1 dia na semana.

 

12 – Segurado possui garagem na sua residência, na divisa com a calçada. Não possui cobertura para o veículo, mas possui portão (ou grade) à meia altura. Pode considerar como garagem?

R: Sim. Pode considerar como garagem bem como outros locais com recuo lateral ou frontal, desde que tenham obrigatoriamente portão, grade ou corrente e estejam fechados.

 

13 – Podemos considerar garagem fechada, as ruas sem saída, vilas, ou similares?

R: Sim, desde que tenham portão fechado (idêntico a um portão de uma garagem de prédio).

 

14 – Segurado não usa o veículo para ida e volta ao trabalho, nem durante o exercício do trabalho. Numa situação de greve de ônibus/metrô se viu obrigado a usar o veículo durante um (ou mais) dia(s). Ele pode pontuar no item utilização? Terá cobertura?

R: Sim, desde que efetivamente comprovada (documentada) esta situação atípica, em um eventual sinistro nesta circunstância a cobertura será normal.

 

15 – Será permitida a transferência de direitos e obrigações?

R: Sim, desde que seja encaminhado novo questionário anexo ao pedido, preenchido e assinado, obrigatoriamente, pelo novo segurado.

 

16 – Se um condutor não relacionado estiver conduzindo o veículo e ocorrer um sinistro haverá cobertura?

R: Sim, desde que seja caracterizado como condutor eventual, lembrando que, havendo filho(a) ou enteado(a) na faixa etária de 18 a 24 anos, que utilizem o veículo um dia por semana, esta informação deverá constar no questionário perfil.

 

17 – Pode-se relacionar mais do que 5 condutores no questionário?

R: Sim. Utilizar o verso do questionário e informar os dados dos demais condutores, seguindo o mesmo roteiro de preenchimento.

 

18 – Se um veículo guardado regularmente em garagem fechada no local de trabalho, eventualmente estiver estacionado na rua durante uma saída do segurado para uma visita a um cliente, e ocorrer um sinistro, haverá cobertura?

R: Sim, desde que seu trabalho não seja única e exclusivamente feito com utilização do veículo durante todo o dia.

 

19 – O segurado viajou da sua cidade (seu domicílio) para outra localidade e acabou pernoitando neste local. Deixou o veículo estacionado na rua, em frente à casa de um amigo. Durante a madrugada ocorreu um sinistro. Haverá cobertura?

R: Sim, haverá cobertura haja vista que o veículo encontrava-se transitando em outra cidade, entendendo-se que excepcionalmente neste dia o veículo pernoitou na rua.

 

20 – Se o segurado deixar o veículo em um lava-rápido ou oficina mecânica e um funcionário sair com o mesmo para testar, secar etc, e bater o carro, o seguro terá cobertura?

R: Sim, sempre que o veículo ficar em poder de terceiros para algum tipo de serviço (oficina, lava-rápido, estacionamento, etc) não há responsabilidade do segurado. Sempre haverá cobertura.

 

21 – Um seguro é contratado com Perfil, havendo 4 condutores. Na prática, apenas um dos condutores utiliza o veículo para ida e volta ao trabalho, sendo que os demais o utilizam apenas em finais de semana. Pode-se considerar a não utilização para ida e volta ao trabalho ?

R: Não. A classificação pertinente à utilização não se refere aos condutores e sim ao uso do veículo. Se um condutor utilizá-lo para ir ao trabalho, deverá assinalar na questão de ida e volta ao trabalho.

 

22 – O questionário pode ser enviado por fax?

R: Sim, desde que devidamente assinado pelo segurado e corretamente preenchido (sem rasuras).

 

23 – Seguro contratado com Perfil, durante a vigência ocorreram alterações nos dados. Qual o procedimento?

R: Dados Pessoais

• Idade: O sistema atualizará automaticamente, e o re-enquadramento do Perfil será realizado somente na renovação ou no primeiro endosso com movimento, quando for feita a solicitação de alteração do perfil (re-enquadramento pelo corretor). Do contrário permanecerá inalterado até a renovação.

• Estado civil: O corretor/segurado deverá comunicar a seguradora. Quando ocorrer a mudança, será emitido endosso de cobrança ou devolução (pro-rata).

• Características do veículo/utilização e garagem: O corretor/segurado deverá comunicar imediatamente qualquer mudança em um dos quesitos. Será providenciada a emissão de endosso, podendo ser gerada cobrança, devolução ou exclusão do Perfil, se for o caso.

 

24 – E ao receber a apólice com os dados do Perfil?

R: O segurado/corretor deve conferir os dados da apólice, comparando-os com os dados do questionário, cuja cópia tanto o corretor quanto o segurado possuem. Qualquer irregularidade deve ser comunicada à Seguradora.

 

25 – Segurado se separa da esposa durante a vigência da apólice. Deve comunicar a Seguradora?

R. Sim, todas as alterações que interfiram no enquadramento devem ser comunicadas à Seguradora. Caso contrário, se constatada no sinistro a divergência de informação, não haverá cobertura.

 

26 – Segurado tinha garagem na sua residência, e assinalou esse item. Durante a vigência da apólice muda para outro local, onde não há garagem. Ocorrendo um sinistro haverá cobertura?

R. Não. Toda e qualquer alteração sobre a guarda do veículo, utilização, alteração de condutor ou qualquer outro item que interfira no enquadramento do perfil, deve ser comunicado à Seguradora sob pena da perda do direito à indenização.

 

27 – O segurado contratou o seguro Perfil, sendo ele um profissional autônomo, representante comercial ou vendedor, e em seu local de trabalho fixo possui garagem fechada. Se ele fizer visitas a clientes e o veículo permanecer na rua haverá cobertura?

R. Sim, desde que em seu local fixo de trabalho o veículo permaneça em garagem fechada.

 

28 – Segurado tem garagem fechada em sua residência e no local de trabalho e assinalou estes itens. O mesmo precisou fazer uma reforma em sua garagem ou no imóvel – ou a garagem no trabalho estava em reforma por um período – e o veículo permaneceu estacionado na rua. Haverá cobertura?

R. Não. Em função da quantidade de tempo, o segurado deverá procurar um local fechado, apropriado para guarda do veículo.

 

29 – O segurado utiliza o veículo para ida e volta ao local onde efetua trabalho voluntário, durante um período da semana. A utilização do veículo deve ser considerada como sendo “para ida e volta ao trabalho”?

R: Sim, mas apenas se a periodicidade ultrapassar o tempo de utilização pertinente ao condutor eventual, igual a 1 (um) dia na semana.

 

30 – O segurado possui filhos, na faixa etária de 18 a 24 anos, mas não os declarou como condutores eventuais do veículo (uso do veículo em até 01 dia na semana). Um dos filhos utilizou o veículo para socorrer a mãe, que estava passando mal. Em caso de ocorrência de sinistro haverá cobertura?

R: Sim, desde que efetivamente comprovado.

 

31 – No momento da contratação do seguro, o segurado não declarou que existem filhos ou enteados que utilizam o veículo, na faixa etária de 18 a 24 anos (condutores eventuais), pois na época da contratação seus filhos ainda não haviam atingido esta faixa de idade. No decorrer da vigência um dos filhos, tendo atingido a idade de 18 anos, utilizou o veículo, em caráter eventual. Haverá cobertura em caso de ocorrência de sinistro?

R: Não, pois o segurado deve atualizar os dados sempre que estes forem alterados.

 

32 – Ocorreu um sinistro e o veículo estava sendo conduzido por um jovem na faixa etária de 18 a 24 anos, sendo o mesmo um mecânico que utilizou o veículo para buscar peças para reparo do veículo. Havendo um sinistro o mesmo estará coberto?

R: Sim, pois o veículo estava em poder de terceiros para efetuar reparos mecânicos.